Os culpados foram eles…

O futebol está tão enraizado na mentalidade brasileira que não conseguimos aceitar como naturais as derrotas da seleção brasileira. Precisamos de um culpado, de um bode expiatório, de um Judas, alguém em quem possamos descarregar toda nossa raiva.
Desde a tragédia de 1950 até o fracasso na África do Sul, vários jogadores foram crucificados por cometerem erros fatais em Copas do Mundo. Leia a postagem e diga com sinceridade se você nunca xingou um destes camaradas. Deixe sua opinião nos comentários.

Felipe Melo ou o Chuck Norris dos gramados

Era uma questão de tempo, uma bomba relógio de chuteiras. Deu no que deu. Não podemos acusá-lo no lance do gol contra, mas na expulsão ficou claro o despreparo emocional do volante brasileiro. Culpa do atleta ou da comissão técnica que insistiu em escalar o jogador? Na dúvida, marque as duas opções.

 felipe

Deixe-me amarrar a chuteira

Como pode um jogador com a experiência e a categoria de Roberto Carlos parar para amarrar a chuteira, com Zidane prestes a lançar a bola na área brasileira? É uma pergunta sem resposta, que faz de Roberto Carlos o responsável pela eliminação brasileira na Copa de 2006.

roberto.carlos

O Fenômeno e a teoria da conspiração

Um atleta vendendo saúde, de repente tem um ataque inexplicável, uma doença ainda não estudada pela medicina  e o que é mais intrigante: nunca mais em sua vida apresenta algo semelhante. Não dá pra engolir, algo de muito estranho aconteceu naquela final de 1998. A verdade? A verdade está lá fora…

ronaldo

Dunga e o começo de uma era

Na Copa de 1990, Lazaroni implantou na seleção brasileira o sistema europeu de defesa, com um líbero sobrando atrás da linha de zagueiros. Levou também volantes com pouca habilidade, mas com grande poder de marcação. Tudo ia bem, até encontrarmos pela frente o genial Maradona, que depois de fazer fileira no meio campo deixou Canniggia na cara do gol. Saímos da Copa e a imprensa logo escolheu o culpado: Dunga. Começava uma era. A era Dunga. Será que o Dunga já era?

dunga1990

Zico foi gênio, mas aquele pênalti…

Em 1986, no México a geração genial de Zico, Sócrates e Falcão tinha a última chance da ganhar uma Copa do Mundo. Zico foi para a Copa ainda se recuperando de uma terrível lesão no joelho. No jogo contra a França entrou no segundo tempo, fez a jogada que terminou em pênalti para o Brasil, mas na hora da batida, infelizmente o goleiro francês pulou no canto certo e defendeu a cobrança do Galinho de Quintino. Nunca vi Pelé jogar, o que faz de Zico o maior jogador que conheci, mas aquele pênalti…

zico 


Cerezo e a atrasadinha fatal

Cerezo formava com Falcão, Zico e Sócrates um meio campo formidável. Ídolo do Atlético Mineiro, Cerezo era um volante incansável e inteligente, mas no jogo contra a Itália em 1982 cometeu um erro infantil: atrasar a bola na frente do carrasco Paolo Rossi e lá voltamos nós de mãos vazias para casa.


A TRAGÉDIA DO SARRIÁ

A maior pena cumprida por um brasileiro

“No Brasil, a pena maior por um crime é de 30 anos. Há 43 pago por um crime que não cometi.” Barbosa, goleiro brasileiro em 1950.


barbosa

Acusado de falhar no segundo gol do Uruguai na final de 1950, o goleiro Barbosa, carregou injustamente pelo resto da vida o fardo da nossa derrota. Perdão Barbosa, perdoai nossa injustiça.

Os culpados foram eles… Os culpados foram eles… Reviewed by Rodrigues Vanzuita on julho 11, 2010 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.