Mortes trágicas da Literatura Brasileira

Sempre me assombrou o enorme número de autores brasileiros que morreram tragicamente. Pode ser que o fenômeno não seja exclusivo da nossa literatura, é caso de uma pesquisa mais profunda, porém nessa postagem me concentrei somente nos escritores nacionais.
Há alguns estudos que analisam o alto índice de suicídio entre poetas e romancistas e é um fato que muitos dos nossos melhores talentos deram fim à própria vida, minha intenção contudo, não é investigar, mas apenas relatar os casos ocorridos no Brasil.
Além do suicídio, há também duelos, naufrágios, assassinatos e acidentes ( um deles no monte Vesúvio). Sempre que possível procurei indicar links com a biografia dos autores, bem como para sua obra.
Lembrando que um blog é um espaço interativo, peço que deixem sua opinião nos comentários. Ela será sempre respeitada e bem vinda.


Euclides da Cunha

Autor de “ Os Sertões”, obra capital da literatura brasileira, Euclides da Cunha morreu numa troca de tiros com Dilermando Cândido de Assis, amante da mulher do escritor. Em 1916, “Quindinho”, filho de Euclides, também é morto por Dilermando, ao tentar vingar a morte do pai. Em ambos os casos, Dilermando foi absolvido por ter agido em legítima defesa. A vida de Euclides foi retratada na minissérie Desejo, da Rede Globo.



Cláudio Manuel da Costa

Preso por participar da Inconfidência Mineira foi encontrado morto na prisão. Sua morte está cercada de mistério. Alguns historiadores afirmam que ele cometeu suicídio, outros dizem que ele foi assassinado pelas autoridades lusitanas.

Antônio_Parreiras_-_Jornada_dos_Mártires

Biografia de Cláudio Manuel da Costa
Poemas de Cláudio Manuel da Costa

Gonçalves Dias

O poeta de “ Canção do Exílio”, voltava da Europa no navio Ville de Boulogne, que naufragou na costa maranhense. Já bastante debilitado pela tuberculose, Gonçalves Dias é esquecido em seu leito, sendo o único a morrer no naufrágio.

"CANÇÃO DO EXÍLIO, POR LAURO MOREIRA


Manuel Antônio de Almeida

O autor de “ Memórias de um Sargento de Milícias, morreu no naufrágio do navio Hermes, próximo a Macaé, em 1861.

A_Fishing_Boat_Caught_In_A_Squall_Off_A_Jetty

Biografia de Manuel Antônio de Almeida
Memórias de um Sargento de Milícias

Raul Pompéia

Raul Pompéia escreveu “ O Ateneu”, clássico da nossa literatura. Suicidou-se com um tiro no peito, na noite de Natal de 1895. Teria dito a um amigo , dias antes, que um artista jamais deveria esfacelar seu cérebro.

Biografia de Raul Pompéia
Leia: O Ateneu

Batista Cepelos

O poeta Batista Cepelos teve como seu protetor político o senador Peixoto Gomide. Devido a esta convivência conheceu a filha deste por quem se apaixonou, chegando ao ponto de marcar casamento. Porém, o senador , num gesto de extremo descontrole assassinou a filha e em seguida se suicida, revelando antes que os noivos eram irmãos. Chocado, sob o efeito de forte depressão, o poeta mudou-se para o Rio de Janeiro. Cepelos foi encontrado morto junto às pedras da praia que existia na rua Pedro Américo, no Catete. Não se sabe, até hoje, se teria se suicidado ou caído acidentalmente.

solidao

Biografia de Batista Cepelos
Poemas de Batista Cepelos


Oswald Beresford

O escritor Oswald Beresford em 11 de setembro de 1924, suicidou-se com um tiro. Seu romance , Madame Cosmópolis, considerado uma obra cheia de audácia e crua, foi proibida por seu pai, rico proprietário de Sorocaba, o qual ordenou que os exemplares impressos fossem queimados. Acometido de desespero o escritor chama um táxi pedindo que o conduzisse até o bairro do Leblon, no Rio de Janeiro, e , próximo à avenida Vieira Souto , dispara o revólver e se mata. 

 
Caronte

Silva Jardim

Aos 31 anos de idade, visita Pompéia, na Itália. Curioso por conhecer o vulcão Vesúvio, mesmo tendo sido avisado de que ele poderia entrar em erupção a qualquer momento, foi tragado por uma fenda que se abriu na cratera da montanha , não se sabendo se foi um acidente ou um ato voluntário.

Biografia de Silva Jardim

Jackson de Figueiredo

Escritor, filósofo e polemista, morreu afogado na praia da Barra da Tijuca.

Biografia

Ronald de Carvalho

O poeta Ronald de Carvalho , no auge de sua carreira diplomática e política morreu num desastre de automóvel , no Rio de Janeiro, em 15 fevereiro de 1935 quando se dirigia para o Itamarati onde faria uma palestra.

Biografia de Ronald De Carvalho
Poemas

poesia

Mário Faustino

Poeta e crítico literário, Mário Faustino morreu num desastre aéreo no Peru, a caminho para os Estados Unidos.

Ensaio sobre Mário Faustino
Poemas


Pedro Nava

Um dos grandes memorialistas brasileiros, Cometeu suicídio com um tiro na cabeça aos 80 anos, por razões desconhecidas, numa praça do bairro da Glória, após ter atendido, em seu apartamento, a um misterioso telefonema.

Pedro Nava no Releituras
Reportagem sobre a morte do escritor

Mortes trágicas da Literatura Brasileira Mortes trágicas da Literatura Brasileira Reviewed by Rodrigues Vanzuita on setembro 05, 2010 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.