http://kid-bentinho.blogspot.com.br/

Filho de peixe, peixinho é. Será?


Nada mais natural do que o filho seguir a profissão do pai. No futebol, entretanto, quando o filho de um craque resolve seguir os passos do pai, as comparações são inevitáveis. O problema é que talento  e vocação não são hereditários, seja no futebol ou em qualquer outra atividade. Portanto o fato de um jogador ser filho de craque, não é garantia de êxito nos gramados. Veja alguns exemplos de jogadores cujos pais, também foram atletas. Em alguns casos, os filhos foram tão bem sucedidos quanto os pais. Em outros, nem tanto




Ademir da Guia


Ademir da Guia é filho do lendário zagueiro Domingos da Guia. Do pai, Ademir herdou a elegância e a técnica apuradíssima. Maestro do meio campo, Ademir da Guia é  ídolo do Palmeiras e um dos maiores jogadores do futebol brasileiro. Não é à toa que pai e filho, era chamados de “Divino”.
´

Verón


veron
Véron é filho de Juan Sebastian Verón, meio campista do Estudiantes de La Plata nas décadas de 1960 e 1970. Verón, o pai, era conhecido como “La Bruja” e o filho: “La Brujita”.

Djalminha



O polêmico craque Djalminha é filho de Djalma Dias, zagueiro que marcou época no Palmeiras. Em comum pai e filho tinham a técnica apurada.

Maldini


paolo_maldini
Maldini, um dos maiores jogadores italianos de todos os tempos, é filho de Cesare Maldini, zagueiro do Milan e Torino. Pai e filho foram capitães do Milan em conquistas da Copa UEFA.

Diego Forlán


Diego_Forlan
O craque uruguaio , Bola de Ouro de Ouro da última Copa, é filho de Pablo Forlán que por muitos anos defendeu o São Paulo.

Jordi Cruijff


jordi
Não deve ser fácil, ser filho de uma lenda do futebol. Esse é o caso de Jordi Cruijff, cujo pai Johan Cruijff é considerado o melhor jogador europeu de todos os tempos. Jordi não teve muito brilho na carreira, apesar de ter jogado em grandes clubes da Europa.

Edinho


O que esperar de um filho de rei. Que assuma o cetro do pai, certo? Mas diferente das monarquias políticas, o reinado no futebol não passa de pai para filho. Edinho resolveu ser goleiro, posição inesperada para o filho do maior goleador da história do futebol. Edinho foi um bom goleiro, mas teve uma carreira modesta, nem de longe repetiu o sucesso do pai, o rei do futebol.

pele

E você, lembra de algum jogador cujo pai também foi boleiro?