http://kid-bentinho.blogspot.com.br/

Fatos sobre os sonhos que você precisa saber

Há diversas explicações sobre os sonhos, de científicas a esotéricas. O tema voltou a ganhar destaque com o filme A Origem, em que Leonardo di Caprio interpreta Dom Cobb, um especialista em invadir os sonhos alheios para roubar os segredos do subconsciente. Ficção à parte, alguns fatos sobre os sonhos são verdadeiros. É só conferir na postagem.



Nós só sonhamos, com quem conhecemos


faces

Nossos sonhos estão sempre povoados de rostos estranhos. Mas nossa mente não está inventando essas pessoas. Durante nossa vida, vimos centenas de pessoas, sem conhecê-las realmente. Porém, todas elas ficam gravadas no nosso subconsciente e são usados pelo nosso cérebro como personagens dos sonhos.


Todo mundo sonha


sleep-learning-tm

Todo ser humano sonha ( exceto em casos de extrema desordem psicológica ) . Quem diz não sonhar, na verdade apenas não se lembra dos sonhos.  Ao acordarmos, esquecemos 50% dos sonhos após cinco minutos e 90% depois de dez minutos.


Nem todos sonham em cores


preto_branco

Doze por cento da humanidade sonha exclusivamente em preto e branco. O restante sonha em cores. Diversos temas são comuns a todas as pessoas: perseguições, quedas, pessoas falecidas, experiências sexuais são os mais corriqueiros.


Homens e mulheres sonham de maneira diferente


homem_mulher_durmindo

Muitos estudos tem sido realizados para  examinar as diferenças nos sonhos de homens e mulheres. Mulheres sonham igualmente com pessoas de ambos os sexos, já nos sonhos dos homens, 67% das pessoas são do sexo masculino. Os sonhos femininos são mais longos. Homens sonham mais com carros , estradas e com violência.


Sonhos previnem psicoses


psicose

Em um recente estudo sobre o sono, estudantes que foram acordados no início de cada sonho, mesmo tendo oito horas de sono, enfrentaram dificuldades de concentração, irritabilidade, alucinações e sinais  de psicose depois de apenas três dias.


Sonhos inspiradores


frankenstein

Algumas obras literárias e até descobertas científicas, foram inspiradas por sonhos. É o caso de Frankenstein, de Mary Shelley e O Médico e o Monstro, de Robert Louis Stevenson. No campo da ciência, um exemplo notório é a estrutura do DNA, descoberta em 1953 por James Watson e Francis Crick. Watson revelou mais tarde, que a ideia lhe surgiu após sonhar com uma série de escadas em espiral.