As melhores músicas com assobios

Os homens invejaram os pássaros e criaram belas composições usando assobios. Dos clássicos temas de faroeste à música erudita, do reggae ao bom e velho rock, vários artistas usaram assobios para enriquecer suas canções. Nessa postagem, reuni as melhores músicas com assobios. Espero que gostem e se souberem de alguma que ficou de fora, é só registrar nos comentários.


assobio


Scorpions – Wind of Change


A balada Wind of Change foi escrita por Klaus Meine, ele teve como inspiração, os “ventos de mudança” que sopravam sobre a Europa no final dos anos 80. É uma das mais belas canções com assobio já compostas.





Guns N’ Roses – Patience


No auge do talento de Axel  Axl Rose, todos os pecados lhe eram perdoados e ele retribuía com performances inesquecíveis como essa, em Patience. Tudo na balada está impecável: os violões , a voz de Axel Axl e o assobio que marca profundo a canção.




Oswaldo Montenegro – Taxímetro


Cada música de Oswaldo Montenegro é uma obra de arte. É inexplicável que um artista dessa grandeza, não seja lembrado pela mídia.
Em Taxímetro, o assobio espetacular fica a cargo de Milton Guedes.




Bobby McFerrin – Don’t Worry be Happy


Bobby McFerrin é de formação erudita, mas já gravou clássicos do jazz. Em 1988, ano em que ganhou um Grammy, ele fez muito sucesso com Don’t Worry be Happy. O interessante nesta canção, além do assobio, é que todos os sons dos instrumentos são feitos com a voz.



Gilbert Gil – Esotérico


Ícone da música popular brasileira, Gilberto Gil não pode ser esquecido. O artista é um compositor brilhante, como você pode comprovar na canção Esotérico.



Billy Joel – The Estranger


Compositor, cantor e pianista, Billy Joel já ganhou o Grammy seis vezes. A canção The Estranger faz parte do álbum homônimo, lançado em 1977, considerado o maior êxito do artista.





Ennio Morricone – A Fistful of Dollars


É claro que numa matéria sobre músicas com assobios não poderia faltar um tema de faroeste. Escolhi A Fistful of Dolars, do genial Ennio Morricone.




David Fonseca – Superstars


Na pesquisa dessa matéria conheci o trabalho do português David Fonseca. Vale a pena visitar o site do artista. Pena ele não compor na língua pátria.




John Lennon – Jealous Guy


O assobio na música é bem modesto, mas como ignorar uma canção de John Lennon?



Andrew Bird – “Oh No”


Andrew Bird, cantor, compositor e instrumentista americano, sempre inclui assobios nas músicas. Outro nome que conheci na pesquisa para essa postagem.




Malcom Arnold – The Bridge on the River kwai


The Bridge on the River Kwai, ganhou  sete Óscares em 1958, entre eles o de melhor trilha sonora, criada pelo maestro Malcom Arnold.




Peter Gabriel – Game Without Frontiers


O fundador da banda Gênesis, fez enorme sucesso e causou muita polêmica em 1980 com a canção Game Without Frontiers. O assobio na música é discreto.






Roy Orbison – Here Comes the Rain


Muito conhecido no Brasil com Pretty Woman, tema de uma linda mulher, Roy Orbison ficou famoso por suas baladas que falam de amores perdidos.






Peter, Bjorn e John – Young Folks


A banda sueca usou e abusou dos assobios no primeiro sucesso da carreira.


Receba novas postagens por email

Desenvolvido por FeedBurner