Eles já foram jogadores de futebol

O que podem ter em comum o poeta João Cabral de Melo Neto e o baixista do Iron Maiden, Steve Harris? Ou o humorista Tom Cavalcante e o chefe de cozinha Gordon Ramsay?
Eles, antes de brilharem nas atividades que os tornaram famosos, tentaram a sorte no futebol. A lista dos famosos que já foram jogadores de futebol é eclética, inclui desde comediantes até um presidente do Brasil. Leia e comente!




ex_jogadores



Jackson do Pandeiro


jackson_pandeiro 
Já tardiamente, aos 30 anos, Jackson do Pandeiro foi defender o gol do Treze de Campina Grande ( PB ). Apesar de franzino e baixo para a posição, Jackson se destacava pelos reflexos rápidos e pela elasticidade. Aconselhado por amigos, largou o futebol para se dedicar ao seu verdadeiro talento: a música. Fez boa escolha, com certeza.


Memorial Jackson do Pandeiro


Julio Iglesias


julio-iglesias

Julio Iglesias era o goleiro das categorias de base do poderoso Real Madrid. Aos 20 anos, porém, ele sofreu um grave acidente de carro que quase lhe tirou a vida. Enquanto se recuperava no hospital, ganhou um violão, presente que mudou  o rumo da vida do astro espanhol. Ao ganhar alta, foi para a Inglaterra estudar música e voltando à Espanha venceu um festival. Nunca mais abandonou os palcos.



Café Filho


Cafe Filho -

Já tivemos um presidente que foi jogador de futebol. Trata-se do potiguar Café Filho. Fundador do Alecrim, de Natal, Café Filho também defendeu a meta do clube, quem viu, jura que ele era um goleiro razoável. Largou os gramados e se tornou político, assumindo a presidência do país após o suicídio de Getúlio Vargas.

Café Filho – Memória Viva



Nuno Leal Maia


nuno_leal_maia

Nascido em Santos, Nuno Leal Maia tentou a carreira na Vila Belmiro. Chegou a ser juvenil do time na década de 1960, jogando ao lado de Clodoaldo, mas não se profissionalizou. Mesmo optando pela carreira artística, ainda teve recaídas pelo futebol. Treinou alguns clubes, entre eles: Matsubara ( PR ), Botafogo ( PB ) e São Cristóvão ( RJ ).



Jorge Ben Jor


BenJorJorge

Ícone da música brasileira, Jorge Ben Jor é apaixonado pelo futebol. Flamenguista fanático, chegou a jogar como volante no infanto-juvenil do Flamengo, mas logo optou pela outra paixão: a música. O futebol, entretanto, continuou a fazer parte do universo do músico, que utilizou do tema em diversas canções, entre elas: Fio Maravilha, País Tropical, Flamengo e Camisa 10 da Gávea.

Fio Maravilha ( Vídeo )
País Tropical ( Vídeo )


João Cabral de Melo Neto


joão-cabral-de-melo
O poeta e diplomata pernambucano, antes de publicar Quaderna, Morte e Vida Severina, A Educação pela Pedra, foi um valente volante dos juvenis do América ( PE ) e do Santa Cruz. Pelo tricolor , aliás, foi campeão da categoria em 1935. Não seguiu na profissão, preferindo ficar na torcida pelo América, paixão do poeta. A poesia brasileira agradece!


Morte e Vida Severina em desenho animado



Tom Cavalcante


tom-cavalcante

Na adolescência, o cearense jogou como meia nos juniores do Ceará, mas a veia humorística e a oportunidade de trabalhar numa rádio, fizeram com que ele dividisse os treinos com o microfone. Ainda passou pelo Fortaleza e tentou se profissionalizar no Rio de Janeiro, mas o que ele levou mesmo a sério foi o humor.



Djavan


djavan
O  alagoano ganhava a vida como meia do CSA ( AL ) quando começou  a se interessar por música. Autodidata, animava bailes com o conjunto LSD ( Luz, Som, Dimensão ). Os proventos da música eram maiores do que o salário de jogador , então, aos 19 anos, Djavan pendurou as  chuteiras. O CSA, continua no coração do músico, que apoia financeiramente o clube.



Diogo Nogueira


diogo-nogueira


Filho de João Nogueira, Diogo herdou do pai o gosto pelo futebol e pela música. Passou pelas categorias de base de Vasco e Fluminense, além de atuar pelo CFZ. Em 2004, quando tinha 23 e fazia um teste para se profissionalizar pelo Cruzeiro-RS, sofreu uma grave lesão no joelho esquerdo, rompendo os ligamentos, fato que o forçou a abandonar o futebol para se dedicar à música.



Gordon Ramsay


51259598
Antes de se tornar uma estrela da gastronomia internacional e de atormentar aspirantes a chefes de cozinha em reality shows, o escocês Gordon Ramsay  iniciou uma promissora carreira no futebol. Aos 15 anos foi contratado pelo Glasgow Rangers, no entanto, uma grave lesão nos joelhos atrapalhou seus planos. Gordon continuou a treinar machucado, agravando o problema e deixando-o manco. Só lhe restou, se dedicar a outra paixão: a culinária. Os glutões endinheirados saíram no lucro.


Receitas do mestre


Steve Harris


steve_harris
Na década de 70, durante sua adolescência, Harris esteve entre os juvenis do West Ham United. No entanto, os estudos de desenho técnico e a carreira musical falaram mais alto. Em 1975, aos 19 anos, formou o Iron Maiden, do qual é baixista até os dias atuais. Não por acaso, Harris tem o distintivo do West Ham aplicado em seus baixos, e ainda arrisca seu futebol em alguns intervalos de turnês da banda.


Iron Maiden – Site oficial



Marco Luque


Marco_Luque
Marco Luque iniciou a carreira nos gramados pelo Santo André, em 1997, não chegando a se profissionalizar. Ainda tentou a sorte na Espanha, onde jogou pelo Rayo Vallecano e Numancia. Sem sucesso, retornou ao Brasil e iniciou sua trajetória no teatro.

Blog do Marco Luque
Twitter do Marco Luque



Fonte: Última Divisão

Eles já foram jogadores de futebol Eles já foram jogadores de futebol Reviewed by Bento Santiago on outubro 02, 2011 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.