A última rainha do Havaí

Liliuokalani (1838 - 1917) foi a última monarca do Havaí. Ela herdou o trono de seu irmão, Kalakaua, em 29 de Janeiro de 1891. A rainha foi deposta em 17 de janeiro de 1893 e renunciou temporariamente a seu trono "às  superiores forças militares dos Estados Unidos". Liliuokalani esperava que os Estados Unidos, assim como a Grã-Bretanha fizera antes na história havaiana,  devolvesse a soberania do Havaí ao titular de direito, o que nunca aconteceu.

Liliuokalani foi presa em 16 de Janeiro de 1895, alguns dias após a fracassada Contra-Revolução. Ela negou qualquer conhecimento da rebelião em seu julgamento, mesmo assim, foi condenada a cinco anos de trabalhos forçados e multada  em cinco mil dólares. A sentença foi comutada para prisão em um quarto no andar de cima do Iolani Palace, onde ela compôs músicas, incluindo a  Oração da Rainha (Ke Aloha o Ka Haku).

1870s
Liliuokalani em 1870


1900
Liliuokalani em 1900


1917
Liliuokalani em 1917, seu país nunca lhe foi devolvido pelos americanos


Liliuokalani-and-R.-L.-Stevenson-1889
Liliuokalani com o escritor Robert Louis Stevenson, autor de A Ilha do Tesouro

47

A última rainha do Havaí A última rainha do Havaí Reviewed by Bento Santiago on abril 07, 2013 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.