A Segunda Guerra Mundial em fotos: As invasões do Eixo e a Queda da França

Na primavera de 1940, a Alemanha  firmava-se como  a grande conquistadora moderna de nações, invadindo e ocupando com sucesso seis países em menos de 100 dias. Em 9 de abril de 1940, a Alemanha invadiu a Dinamarca, que capitulou em apenas seis horas. Ao mesmo tempo, as forças navais nazistas entravam em águas norueguesas, atacando navios, desembarcando tropas  e iniciando um conflito que duraria dois meses.

Em 10 de maio, mais de 2 milhões de soldados alemães, por terra e ar, invadiram a França, Bélgica, Luxemburgo e Holanda, usando táticas de blitzkrieg. Os países menores caíram em poucas semanas, a França resistiu até 22 de junho, quando assinou um armistício com a Alemanha.

Também durante este período, a União Soviética forjava eleições na Estônia, Letônia e Lituânia, com forma de anexá-las aos domínios comunistas. Até o final do verão, as forças alemãs estavam prontas  para a Batalha da Grã-Bretanha.



Um tanque blindado alemão atravessa o rio Aisne, na França, em 21 de junho de 1940, um dia antes da rendição da França.
 

Ondas de paraquedistas alemães caindo sobre a cidade norueguesa de Narvik, durante a invasão alemã do país escandinavo.


O saldo de uma batalha naval em Narvik, na Noruega, em 1940. Várias batalhas entre forças alemãs e norueguesas ocorreram nos fiordes, na primavera de 1940.


Um grupo de Gebirgsjägers alemães (tropas de montanha) em ação em Narvik, na Noruega, em 1940.


Soldados alemães movem-se através de uma vila norueguesa em chamas, em abril de 1940, durante a invasão alemã.


Membros da  RAF, retornam à base, depois de um ataque a navios de guerra alemães em Bergen, Noruega, em 22 de abril de 1940.


Um vigia procura sinais  de aviões nazistas no telhado de um edifício em Londres, Inglaterra, com a Catedral de St. Paul em segundo plano.


Bombas alemãs erram os alvos e explodem no mar durante um ataque aéreo em Dover, na Inglaterra, em julho de 1940.


Membros do Black Watch ( Guarda Negra  ), um famoso  regimento de escoceses, em formação no litoral sul da Inglaterra, em 1940. Os homens estavam treinando para serem paraquedistas de combate.


Fuzileiros irlandeses  das forças expedicionárias britânicas  auxiliam  agricultores franceses, cujos cavalos foram requisitados pelo exército francês. Um tanque está atrelado a um arado para ajudar no cultivo do solo, na primavera, em 27 de março de 1940.


Mulheres belgas entre lágrimas dão adeus aos maridos e filhos que partem para a linha de frente, com a ameaça de invasão pesando sobre sua terra natal, em 11 de maio de 1940.


Uma formação de Stukas,  bombardeiros de mergulho alemães, voando sobre um local desconhecido, em 29 de maio de 1940.


Um soldado alemão opera sua arma antiaérea em um local desconhecido, em apoio das tropas alemãs, enquanto elas penetravam em território dinamarquês, em 9 de abril de 1940.


Esquadrões de reconhecimento coordenam o avanço alemão em Luxemburgo, em 10 de maio de 1940.


Tropas alemãs de paraquedistas saltam em Fort Eben Emael, na Bélgica, em 30 de maio de 1940, como parte de um ataque surpresa maior.


Soldados franceses carregam uma peça de artilharia em algum lugar na frente ocidental, em 29 de maio de 1940.


Uma formação de Dorniers Do 17Z, bombardeiros leves alemães, voando sobre a França, em 21 de junho de 1940.


Paraquedistas alemães com uma metralhadora na Holanda, em 2 de junho de 1940. Esta foto veio de uma câmera encontrada com paraquedistas alemães que foram feitos prisioneiros.


Os belgas explodiram esta ponte sobre o rio Meuse, na cidade de Dinant, na Bélgica, mas em breve, uma ponte de madeira construída pelos sapadores alemães estaria de pé ao lado das ruínas, em 20 de junho de 1940.


Uma mulher, fugindo de sua casa com os poucos bens que ela pode levar, se esconde atrás de uma árvore na beira da estrada, em algum lugar na Bélgica, em 18 de maio de 1940, durante um ataque  de aviões nazistas.


Centenas de milhares de soldados britânicos e franceses fugindo  do avanço das forças alemãs se concentram na praia de Dunquerque, na França, em 4 de junho de 1940, à espera dos navios que os levarão para a Inglaterra. 


Soldados britânicos e franceses entram nas águas rasas ao longo da praia em Dunquerque, França, em 13 de junho de 1940, em direção a pequena embarcação de resgate que irá levá-los para a Inglaterra. Cerca de 700 embarcações particulares juntaram-se às dezenas de embarcações militares para transportar os homens através do Canal da Mancha.


Homens da Força Expedicionária Britânica chegam com segurança em casa, em 6 de junho de 1940. Mais de 330 mil soldados foram resgatados em Dunquerque, na missão de codinome Operação Dínamo.


Tanques de óleo queimam em Dunquerque, na França, em 5 de junho de 1940. O avião em primeiro plano certamente é um Lockheed Hudson da RAF em patrulha.


Rescaldo da retirada britânica de Flandres, na Bélgica, em 31 de julho de 1940. Soldados ingleses jazem ao lado de seus veículos.


Ingleses e franceses feitos prisioneiros de guerra, em algum lugar na Bélgica, em 1940.


Desfile de tropas alemãs em Copenhague, Dinamarca, em 20 de abril de 1940, para comemorar o aniversário de Hitler.


Amsterdam, Holanda. Um pai holandês,  gravemente ferido na cabeça, mão e perna, olha  com horror o cadáver mutilado de sua filhinha, em 1940.


Um soldado alemão morto, um dos muitos milhares que caíram durante as invasões de 1940, em algum lugar na França, em 9 de junho de 1940.


Tanques franceses passam por uma cidade francesa bombardeada, enquanto seguem caminho para a linha de frente na França, em 25 de maio de 1940.  


Mulheres acenam Union Jacks  em saudação aos soldados, todos canadenses, enquanto eles marcham vindo das docas, depois do desembarque na França, em 18 de junho de 1940.


Algumas das 350 crianças britânicas  que chegaram em Nova York em 8 de Julho de 1940, a bordo do navio britânico Samaria. Elas foram o primeiro grande contingente de crianças inglesas enviadas das ilhas ante a iminente invasão nazista.


Tropas alemãs caminham por uma rua deserta, em Luxemburgo, em 21 de maio de 1940, com fuzis, pistolas e granadas prontas para entrar em ação. 


Bombas jogadas  pela RAF durante uma incursão no aeroporto de Abbeville – então, em poder dos alemães - na França, em 20 de julho de 1940. 


Refugiados deixam sua cidade em ruínas, na Bélgica, depois dela ter sido bombardeada pelos alemães, levando o pouco de seus pertences pessoais que conseguiram salvar, em 19 de maio de 1940. 



Motociclistas nazistas passam por uma cidade destruída na França, em 1940.

Uma multidão de mulheres, crianças e soldados da Wehrmacht  fazem a saudação nazista em 19 de junho de 1940, em um local desconhecido na Alemanha.


Vítimas civis de um ataque aéreo alemão perto de Antuérpia, na Bélgica, em 13 de junho de 1940. Tropas britânicas relataram que essas pessoas estavam indo de bicicleta para o trabalho quando os aviões alemães chegaram, atacando-as e deixando-as para morrer ao lado de um campo de trigo.


O Primeiro-ministro britânico Winston Churchill inspeciona soldados da Grenadier Guards em posição de sentido, na frente das unidades blindadas Universal Carrier, em julho de 1940.


Um soldado aliado detona explosivos  que derrubarão uma ponte para atrasar o avanço nazista, na região de Leuven da Bélgica, em 1 de junho de 1940, antes da área cair para os alemães.


A bicicleta tandem carrega quatro membros de uma família belga,  com alguns de seus pertences amarrados nas costas,  eles fugiam dos nazistas que avançavam sobre a França, em 14 de junho de 1940.


Adolf Hitler  em Paris, com a Torre Eiffel ao fundo, um dia depois da capitulação formal da França, em 23 de junho de 1940. Ele está acompanhado por Albert Speer, Ministro Alemão de Armamentos e arquiteto-chefe de Hitler, à esquerda, e Arno Breker, professor de artes visuais em Berlim e escultor favorito de Hitler, à direita. Um cinegrafista desconhecido visto no primeiro plano,  filma o evento.


O destroier francês Mogador, em chamas após ser atingido durante o ataque britânico à base naval de Mers-el-Kebir, Argélia Francesa, em 3 de Julho de 1940. Depois que a França assinou o armistício com a Alemanha, o governo britânico investiu em  destruir o que podia da Marinha Francesa, tentando impedir que os navios caíssem nas mãos dos alemães. Vários navios foram seriamente danificados, um afundado e 1.297 marinheiros franceses foram mortos no ataque.


Morteiros pesados ​​do exército de Hitler são posicionados sob as falésias do lado francês do Canal da Mancha, em Fecamp, França, em 1940, a Alemanha havia ocupado a França e os Países Baixos.


Um soldado alemão  na torre da catedral, olhando  sobre a cidade francesa de Estrasburgo, capturada em 15 de julho de 1940. Adolf Hitler visitou a cidade em junho de 1940, revelando que tinha planos para a Catedral de Estrasburgo e declarando que ela devia se tornar um "santuário nacional do povo alemão".

A história da Segunda Guerra em Fotos,  será uma série  de 20 postagens com mais de 800 fotografias distribuídas em  temas seguindo a cronologia do conflito. Se você gosta de história, em particular da história da Segunda Guerra Mundial, aconselho  que assine a nossa Newsletter ou curta nossa página no Facebook, para  não perder nenhum episódio. O próximo terá como tema: A Batalha da Grã-Bretanha. Não perca!


A Segunda Guerra Mundial em Fotos:
Antes da Guerra
A Invasão da Polônia e a Guerra de Inverno

Receba novas postagens por email

Desenvolvido por FeedBurner