Seis artefatos misteriosos que supostamente provam a existência de aliens

Algumas pessoas afirmam que formas de vida alienígenas visitaram a Terra ao longo das eras. Segundo essa teoria, nossa história tem sido profundamente influenciada por esses astronautas de outros mundos. No entanto, é impossível provar tais alegações. A maioria dos indícios são facilmente descartados como fraudes ou como simples mal-entendidos.

Mas, e se os viajantes das estrelas realmente deixaram algo para trás? Ou que dizer dos artefatos que pessoas de tempos antigos construíram para honrar o que só poderia ser um visitante de outro planeta? Há muitos objetos estranhos no mundo, alguns enigmáticos, outros feitos pelo homem, que supostamente provam a existência de vida extraterrestre.

33

O pintor italiano Ventura Salimbeni é responsável por uma das mais misteriosas pinturas  da história. A "Disputa da Eucaristia", uma pintura do século XVI, também conhecida como "A Glorificação da Eucaristia" é um trabalho de três partes. As duas últimas partes são relativamente normais: elas retratam uma série de autoridades religiosas e um altar. No entanto, a parte de cima mostra a Santíssima Trindade (Pai, ​​Filho e uma pomba representando o Espírito Santo), olhando para baixo. . . e segurando o que parece ser um satélite no espaço. O objeto é grande e esférico, com um acabamento metálico, antenas telescópicas e luzes estranhas. Na verdade, muito semelhante a um velho satélite Sputnik.

Apesar dos ufólogos e dos teóricos dos antigos astronautas afirmarem que a obra prova a existência de vida extraterrestre ou talvez de viajantes do tempo, especialistas em arte foram rápidos em contradizer tais opiniões. Segundo eles, o estranho objeto é uma Sphaera Mundi, uma representação do universo que costumava ser comum na arte religiosa. As estranhas luzes no "satélite" são apenas o sol e a lua, e as suas antenas são cetros representando a autoridade do Pai  e do Filho.


104

Um russo encontrou o estranho objeto da figura acima em Vladivostok, a capital administrativa da área de Primorsky Krai. O artefato que se parece com um pedaço de alguma engrenagem, estava encravado em um pedaço de carvão que seria usado para acender a fogueira. Embora pedaços descartados de máquinas antigas não sejam incomuns na Rússia, o homem ficou curioso e mostrou seu achado à alguns cientistas. Testes revelaram que o objeto é de alumínio quase puro e  que não poderia ter se formado naturalmente.

Além disso, o objeto foi datado em  300 milhões anos de idade. Isso levantou algumas questões interessantes, já que  alumínio com esse grau de  pureza e com esse formato não pode formar-se naturalmente e os seres humanos só descobriram como fazê-lo em 1825. Curiosamente, o objeto também se assemelha a partes que são usadas em microscópios e em outros dispositivos de técnicas delicadas.

Embora os ufólogos mais exaltados tenham sido rápidos em declarar que encontraram uma parte de uma nave alienígena, os cientistas que analisaram o objeto não estão dispostos a tirar conclusões precipitadas e pretendem executar novos testes, a fim de aprender mais sobre o misterioso artefato.


43

A tapeçaria conhecida como Triunfo do Verão foi criada em Bruges (capital da província de Flandres Ocidental, na região flamenga da Bélgica) em torno de 1538. Atualmente, ela está em exposição no Museu Nacional Bayerisches.

Triunfo de verão é famosa (ou infame) entre os teóricos da conspiração porque mostra claramente discos voadores pairando nos céu. Embora essa presença seja desconcertante, alguns especulam que eles podem ter sido adicionados na tapeçaria (que retrata a ascensão de um governante vitorioso ao poder), a fim de conectar os UFOS ao governante como símbolo de uma intervenção divina. Isso, logicamente, levanta mais perguntas do que respostas, uma delas: como os belgas do século XVI conheciam discos voadores e mentalmente os conectavam à uma divindade?


53
Pesquisadores que analisaram os restos de um meteorito que caiu no Sri Lanka, descobriram muito mais do que apenas pedaços de rocha espacial. Eles encontraram um artefato alienígena, no sentido mais literal: um artefato feito de aliens reais. Dois estudos separados descobriram que o meteorito contém fósseis e algas cuja origens são claramente extraterrestres.

O professor Chandra Wickramasinghe, o investigador principal no primeiro estudo, diz que os fósseis fornecem evidência convincente da panspermia (a hipótese de que a vida existe em todo o universo e é disseminada por meteoritos e outros detritos espaciais sólidos). No entanto, ele tem os seus críticos. Wickramasinghe é conhecido por ser um entusiasta da panspermia com uma tendência a dizer que quase tudo é de origem extraterrestre. Além do mais, os traços de vida que o meteorito contém são, na verdade, espécies de água doce comumente encontradas na Terra, o que parece indicar que o objeto tenha sido contaminado durante a sua estadia no nosso planeta.


73

Os incas e outros povos pré-colombianos nos deixaram  alguns artefatos extremamente intrigantes. Os mais estranhos são, provavelmente, os chamados aviões antigos, objetos pequenos e dourados que se assemelham aos modernos aviões a jato. Antes, pensava-se que as estatuetas tinham sido feitas apenas para se parecerem com animais, porém, com o crescimento da ufologia, as características desses objetos foram associadas à aviões de combate, desde caudas de estabilização até trens de pouso. Tamanha é a aerodinâmica deles que os crentes dos astronautas antigos construíram modelos de aviões com as proporções das estatuetas, equipando-os com hélices e  motores a jato, aeromodelos que voaram com perfeição [ veja o vídeo ]. Tudo isso levou à especulações de que os incas pudessem ter estado em contato com extraterrestres ou com pessoas ( vindas do futuro ? ) capazes de construir aeronaves avançadas.

Bem, talvez os objetos tenham sido inspirados em carruagens espaciais ou talvez essas estatuetas maravilhosas sejam apenas representações artísticas de abelhas, peixes voadores ou outras criaturas aladas. Como sempre, a beleza ( ou a espaçonave ) está nos olhos de quem vê.

Veja também: 10 criações humanas atribuídas a aliens


62

O sítio arqueológico de Al Ubaid no Iraque é uma mina de ouro para arqueólogos e historiadores. Ele rendeu inúmeros objetos de um tempo pré-sumério chamado Período Ubaid (5900-4000 antes de Cristo). No entanto, alguns desses objetos são bastante perturbadores. Uma série de estátuas de Ubaid retratam estranhas figuras humanoides semelhantes a lagartos em poses únicas, fora de qualquer cerimônia, o que parece indicar que não se tratava de deuses (como os deuses com cabeças de animais do Egito), mas sim, de uma raça de seres inteligentes com características répteis.

Sem surpresa, as estátuas foram arrastadas para histórias e teorias de alienígenas reptilianos que costumavam vagar pela terra (e que talvez ainda o façam, de acordo com os teóricos da conspiração). Embora isto pareça improvável, a  verdadeira natureza desses objetos permanece um mistério.

Seis artefatos misteriosos que supostamente provam a existência de aliens Seis artefatos misteriosos que supostamente provam a existência de aliens Reviewed by Bento Santiago on novembro 30, 2013 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.