http://kid-bentinho.blogspot.com.br/

10 fotografias históricas que provam que os "olhos são as janelas da alma"

"Os olhos são as janelas da alma" - esta frase tem sido atribuída a inúmeras figuras históricas diferentes. Na primeira fração de segundo que observamos alguém, o nosso olhar quase sempre se dirige diretamente para os olhos dessa pessoa,  em uma tentativa de descobrir quem ela é, e quais são as suas intenções. Os olhos transmitem verdades sobre um indivíduo e sobre a sua alma que não podem ser compreendidas por algo tão inadequado como a linguagem humana.

As fotografias abaixo são imagens históricas onde os olhos dizem tudo. São momentos retratando a humanidade no seu melhor e no seu pior:  alegria, ódio, medo e coragem.


1 – Loucura

Shell Shocked
Um soldado em estado de  Shel Shock em uma trincheira durante a Batalha de Courcelette em meados de setembro de 1916, na Primeira Guerra Mundial.

Shell Shock é um termo usado para definir a  reação de alguns soldados durante a Primeira Guerra Mundial ao trauma da batalha. É uma reação à intensidade do bombardeio e do combate que produz um desarvoramento cujas consequências são o pânico, a incapacidade de raciocinar, dormir, andar ou falar. Até mesmo o soldado mais preparado, se cair no estado de Shell Shock,  perderá todo o auto-controle.


2 – Derrota

Prisioneiro alemão
Um soldado do Exército Vermelho conduz um prisioneiro alemão, depois da Batalha de Stalingrado. Os soldados alemães capturados foram aprisionados em acampamentos sem combustível para o  aquecimento durante o terrível inverno russo, sem suprimentos médicos e com poucos alimentos. Milhares morreram congelados, por desnutrição e por doenças. Stalingrado está entre as batalhas mais sangrentas na história das guerras. Segundo as estimativas, foram 2 milhões de mortos entre militares e civis.


3 –Rendição

Medo
Hans-Georg Henke, um soldado alemão de 15 anos,  chora após ser capturado pelo exército dos Estados Unidos, em  Rechtenbach, na Alemanha, em 3 de abril de 1945, ele era  membro da Volkssturm, a última linha de defesa alemã contra as forças aliadas. O adolescente desmorona em lágrimas quando vê o seu mundo ruir em torno dele. O pai  de Henke havia morrido em 1938; a mãe em 1944.


4 – Fadiga

Fadiga
O olhar do assombro de um prisioneiro de guerra americano, em estado de extrema magreza, no momento de sua libertação do campo de prisioneiros alemão pelas forças aliadas. A fotografia foi tirada em Limburg, na Alemanha, em 1945.


5 – Inveja

Inveja
Sophia Loren e Jayne Mansfield durante uma festa do estúdio 20 Century Fox, celebrada no dia  12 de abril de 1957 em homenagem à atriz italiana.


6 – Desespero

Desespero

Uma mulher deitada na calçada no gueto de Varsóvia, morre de fome. A fotografia foi tirada por um soldado alemão chamado Heinz Joest, na Polônia, em 1941.


7 – Ódio

Ódio
O homem na foto acima é Joseph Goebbels, Ministro da Propaganda do Terceiro Reich. Goebbels sorria para o fotográfo Alfred Eisenstaedt até descobrir que Ensenstaedt era  judeu – a fotografia registra o momento  da descoberta.


8 – Maravilhamento

Maravilhamento
O instante exato em que Harold Whittles, que nasceu surdo, ouve pela primeira vez depois de ser equipado com um aparelho auditivo.


9 – Coragem

Coragem
Bibi Aisha, uma mulher afegã.  Em uma prática conhecida como baad, o pai de Aisha a prometeu para um membro do Taliban quando ela tinha 12 anos de idade, como compensação por um assassinato que um membro de sua família havia cometido. Ela casou-se aos 14 anos e foi submetida a abusos constantes. Aos 18 anos Bibi fugiu dos abusos, mas foi pega pela polícia, presa  e mandada de volta para a sua família. Seu pai a devolveu para o sogro. Como vingança pela fuga, o sogro, o marido e três outros homens da família levaram Bibi para as montanhas, cortaram-lhe o nariz e as orelhas e a deixaram para morrer. Bibi foi posteriormente resgatada por voluntários dos direitos humanos e por militares americanos. Seu rosto mutilado, estampado na capa da revista Time, chamou a atenção do mundo para a violência que paira sobre toda mulher afegã.

Leia também:
- Os 10 piores países do mundo para as mulheres


10 – Inocência perdida

Inocência perdida
A foto acima mostra Ahmed, aos oito anos de idade, filho de um combatente rebelde sírio, fumando e montando guarda com uma AK-47 fora de uma barricada em Aleppo. Ele é um dos combatentes mais jovens a ser arrastados para a guerra civil em seu país. A sua expressão vazia parece sugerir os horrores que  uma criança de sua idade nunca deveria ter de testemunhar.

Compartilhe essa postagem nas suas redes sociais!