http://kid-bentinho.blogspot.com.br/

A famosa fotografia dos Nove Reis

Em maio de 1910, a realeza europeia se reuniu em Londres para o funeral do rei Eduardo VII. Entre os enlutados estavam nove reis reinantes, que foram fotografados juntos no que pode muito bem ser a única fotografia de tantos monarcas já tomada.

Dos nove soberanos retratados, quatro seriam depostos e um seria assassinado. Dentro de cinco anos, a Grã-Bretanha e a Bélgica entrariam em guerra com a Alemanha e a Bulgária. Apenas cinco das nove monarquias representadas na fotografia ainda existem hoje.

Fotografia dos nove reis

Em pé da esquerda para a direita: o rei Haakon VII da Noruega, o rei Fernando I da Bulgária, o rei Manuel II de Portugal, o kaiser Wilhelm II do Império Alemão, o rei Jorge I dos Helenos (Grécia) e o rei Alberto I da Bélgica. Sentados, da esquerda para a direita: o rei Alfonso XIII da Espanha, o rei-imperador Jorge V da Grã-Bretanha e o rei Frederico VIII da Dinamarca.

O parentesco entre os nove reis da  fotografia

Há vários graus de parentescos entre os nove reis retratados na fotografia. Por exemplo, Frederico VIII da Dinamarca era o pai de Haakon VII da Noruega; Guilherme II da Alemanha era primo de Jorge V do Reino Unido e da rainha Maud da Noruega, esposa de Haakon VII da Noruega e irmã de Jorge V do Reino Unido, portanto Haakon VII da Noruega e Jorge V do Reino Unido eram cunhados. Aliás, Jorge V e a rainha Maud eram filhos de Alexandra da Dinamarca, irmã de Frederico VIII, isto significa que Frederico  VIII  da Dinamarca também também era tio de Jorge V do Reino Unido.

Jorge era neto da rainha Vitória e primo do czar Nicolau II da Rússia, bem como do kaiser Guilherme II da Alemanha. O funeral de Eduardo VII foi a última vez que todos os grandes monarcas europeus se reuniriam antes da Primeira Guerra Mundial, a mesma guerra que acabaria com a maioria das linhagens monárquicas da Europa.

Imagine, todos eles sabiam que uma guerra apontava no horizonte, todos sabiam que a paz ou a carnificina dependiam simplesmente de suas decisões. Olhar para esta fotografia nos faz perceber o quanto a Primeira Guerra Mundial foi o resultado de egos nacionalistas insuflados por monarcas guiados por um pueril senso de honra e de dever para com os seus estados.

Veja também: 10 eventos que causaram a Primeira Guerra Mundial

Compartilhe essa postagem nas suas redes sociais!