http://kid-bentinho.blogspot.com.br/

As mais estranhas curiosidades sobre Leonardo da Vinci

Leonardo da Vinci - pouquíssimas  personagens históricas são tão conhecidas como esse gênio italiano, nascido em 15 de abril de 1452 e cujos campos de interesse abarcaram praticamente todas as esferas da ciência e da arte. Nestas fascinantes curiosidades sobre Leonardo  da Vinci, aprenderemos muito sobre a vida, a obra, a fama e infâmia do grande mestre italiano.

curiosidades sobre Leonardo da Vinci

1 - Leonardo da Vinci  era o filho ilegítimo de Piero Fruosino de Antonio da Vinci, um rico notário florentino, e Caterina, um camponesa. Ele viveu com sua mãe durante os seus primeiros cinco anos, passando a morar depois com o pai. Entretanto, Leonardo da Vinci escrevia regularmente à mãe. Caterina, nos últimos anos de sua vida, conseguiu conviver com o filho.

2 - O pai de Leonardo da Vinci casou-se quatro vezes (incluindo um casamento com uma adolescente de dezesseis anos) durante sua vida e, ao todo, Leonardo da Vinci teve 17 irmãos. Duas das esposas de seu pai morreram sem ter filhos. Curiosamente, Piero nunca se casou com a mãe biológica do artista, sendo assim, ele era considerado um filho ilegítimo do casal. O pai de Leonardo da Vinci era um homem rico e quando ele morreu, Leonardo da Vinci enfrentou uma séria batalha contra seus irmãos sobre a herança da riqueza paterna.

3 - “Da Vinci” não era um sobrenome como conhecemos hoje; nos tempos antigos significava simplesmente de Vinci, ou seja: nascido em Vinci, morador de Vinci. Vinci é uma cidade da província de Florença, na região italiana da Toscana.

4 - De acordo com o relato do biógrafo renascentista Giorgio Vasari, depois de aprender a tocar  lira quando criança, Leonardo da Vinci criou uma em 1479 na forma de um cavalo, ela seria feita principalmente de prata e teria um som muito agradável. Da Vinci foi enviado à corte de Ludovico Sforza, duque de Milão, para presentear o nobre com a tal lira. Chegando lá, ainda segundo o apaixonado biógrafo, o desempenho musical de Leonardo da Vinci obscureceu os músicos da corte de Ludovico.

desenho de leonardo da vinci

5 - Leonardo da Vinci manteve sua vida privada em segredo. Ele nunca se casou e não teve filhos. Sua sexualidade tem sido tema de sátiras e especulações.  Registros da corte florentina do ano de  1476, quando Leonardo da Vinci tinha 24 anos, mostram que ele e três outros rapazes foram acusados ​​de sodomia e absolvidos por falta de testemunhas, caso tivesse sido condenado, Leonardo da Vinci teria enfrentado a pena de morte.

6 - Em 1469, com dezessete anos, Leonardo da Vinci passou a ser aprendiz de um dos mais bem-sucedidos artistas de seu tempo, Andrea di Cione, conhecido como Verrocchio (Olho verdadeiro). O ateliê de Verrocchio estava no centro das correntes intelectuais de Florença, o que garantiu ao jovem Leonardo uma educação nas ciências humanas. Outros pintores famosos que passaram por um aprendizado neste mesmo ateliê foram Ghirlandaio, Perugino, Botticelli e Lorenzo di Credi. Leonardo foi exposto desde cedo a uma vasta gama de técnicas, e teve a oportunidade de aprender desenho técnico, química, metalurgia, mecânica, carpintaria, a trabalhar com materiais como couro e metal, fazer moldes, além das técnicas artísticas de desenho, pintura, escultura e modelagem.

7 - Leonardo da Vinci fez importantes descobertas em anatomia, ótica, engenharia civil e hidrodinâmica, mas por nunca ter publicado suas descobertas, a sua influência sobre o curso da ciência foi quase inexistente. Aliás, algumas fontes sugerem que ele visitava cemitérios à noite para roubar cadáveres a fim de estudar a anatomia humana e que depois de dissecar cadáveres, Leonardo da Vinci substituía os nervos por cordas para ver como os músculos funcionariam.

última_ceia

8 - A Última Ceia de Leonardo da Vinci, a pintura religiosa mais reproduzida de todos os tempos, tem sido alvo de muitas especulações de escritores e revisionistas históricos, geralmente centradas em supostas mensagens ocultas ou sugestões encontradas na pintura. Alguns identificaram a pessoa à direita de Jesus (à esquerda de Jesus do ponto de vista do espectador), não como o Apóstolo João, mas sim, como uma mulher, supostamente Maria Madalena. Essa especulação foi o tema do livro The Templar Revelation (1997) de Lynn Picknett e Clive Prince, e desempenha o papel central na novela de ficção de Dan Brown, O Código Da Vinci (2003).

Leia também: A música oculta na Última Ceia de Leonardo da Vinci



9 - O Guinness World Records classifica a Mona Lisa de Leonardo da Vinci como tendo o maior valor de seguro para uma pintura na história. Em exposição permanente no Museu do Louvre em Paris, a Mona Lisa foi avaliada em  100 milhões de dólares em 14 de dezembro de 1962. Levando em conta a inflação, o valor atual seria cerca de 780 milhões de dólares.

10 - Uma equipe de historiadores da arte liderada pelo professor Silvano Vincenti, tentou desenterrar restos de Lisa Gerardini Del Giocondo, a mulher que se acredita ser a modelo para o retrato da Mona Lisa em uma tentativa de extrair seu DNA e recriar o seu rosto.

morte_leonardo_da_vinci_1

11 - Michelangelo e Leonardo da Vinci sentiam “uma intensa antipatia um pelo outro”, diz o biógrafo Giorgio Vasari. Michelangelo e Leonardo possuíam personalidades fortíssimas e as diferenças de visão dos dois em relação à arte eram irreconciliáveis. Isso os levava a confrontarem-se sempre que as circunstâncias lhes colocavam frente a frente.

Certo dia, Leonardo da Vinci estava passando pela Piazza Santa Trinita em Florença. Alguns senhores que debatiam sobre Dante em frente ao palácio da família Spini,  o chamaram e pediram que ele explicasse uma passagem díficil da Divina Comédia; naquele momento Michelangelo chegou e Leonardo sugeriu que o escultor elucidasse a dúvida em questão. Essa proposta irritou Michelangelo. Em vez de discursar sobre Dante, ele se dirigiu a Leonardo de forma desrespeitosa e retrucou: “Você pode explicar, você que desenhou um cavalo para ser fundido em bronze, mas que não foi capaz de fazê-lo.” Com isso, ele se afastou, deixando Leonardo  com “o rosto vermelho por suas palavras”.

12 - Há registros de que o rei Francisco I, que tinha uma estreita amizade com Leonardo da Vinci, tenha segurado a cabeça do artista em seus braços, quando o grande mestre  morreu em 2 de maio de 1519, embora esta história possa ser uma lenda ao invés de fato real.

Fontes: Wikipédia | Leonardo da Vinci | Discover |

Fritjof Capra nos presenteia com uma nova obra sobre Leonardo da Vinci - artista e cientista, incansável observador de uma natureza que ele amava muitíssimo e onde buscava respostas para o que mais o fascinava – o mistério da vida.  Nesta obra, Capra nos guia na jornada de descoberta de um Leonardo surpreendente e pouco conhecido.

A Alma de Leonardo da  Vinci - Fritjof Capra

Compartilhe essa postagem nas suas redes sociais!